Rafael Obregón

rafael obregon

.

Licenciado em Comunicação Social e Jornalismo, havendo feito mestrado em Desenvolvimento Social com destaque em saúde pública, centrou seu doutorado na saúde internacional.

Obregón ocupou cargos como Assessor Regional de Comunicação na área de saúde familiar e comunitária da Organização Mundial de Saúde (OMS), Região das Américas (2002-2005), com enfoque especial na temática de saúde materno-infantil e do adolescente, dando apoio técnico a ministérios de saúde e organizações não governamentais da região.

Vinculado à Universidad del Norte (Colômbia) desde 1997, foi diretor do Programa de Comunicação Social 2000-2002 e é membro do grupo de comunicação investigativa. Além disso, é criador e docente da especialização em Comunicação e Saúde da mesma instituição. Em 2002 recebeu a medalha de hora ao mérito acadêmico.

Foi consultor de várias organizações governamentais e não governamentais, entre as quais se destacam a ONUSIDA, o Fundo de População das Nações Unidas, a Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID), a Organização Pan-americana da Saúde, a Iniciativa de Comunicação, a Academy for Educational Development, a Fundação Friedrich Ehbert, o Ministério da Saúde Colombiano e o Consórcio Comunicação para a Mudança Social. Efetuou avaliações de projetos globais e regionais na África, Ásia e América Latina e apoiou processos de investigação formativa e a implementação de estratégias de comunicação em saúde a nível internacional.

Atualmente é membro do Comitê de Revisão do Journal of Health Communication (EUA), da revista Investigación y Desarrollo (Colômbia) e do Departamento Latino-americano da Ohio University Press.